• 23/04/2024

Infokand

Informação e conhecimento para alcançar resultados

SATA (Sigla para Serial Advanced Technology Attachment)

Anderson Brito

ByAnderson Brito

fev 23, 2023

SATA é um padrão de conexão usado para conectar discos rígidos e outros dispositivos de armazenamento à placa-mãe de um computador. O padrão foi desenvolvido pela Serial ATA International Organization (SATA-IO), um consórcio de empresas, para substituir o antigo padrão ATA. Existem três versões principais do SATA, cada uma com seu próprio conjunto de recursos: SATA 1, SATA 2 e SATA 3.

SATA 1

SATA 1 é a primeira versão do padrão SATA, lançada em 2001. O SATA 1 tem um limite máximo de velocidade de transferência de dados de 1,5 Gb/s (Gigabit por segundo). Esta versão do SATA foi projetada para substituir completamente o antigo padrão ATA. SATA 1 também traz um novo conector de cabo que permite um sinal de dados mais limpo quando comparado ao cabo ATA. Esta versão do SATA também introduziu a nova tecnologia Hot-Swap que permite aos usuários trocar discos rígidos enquanto o computador está ligado.

SATA 2

SATA 2 é a segunda versão do padrão SATA, lançada em 2004. O SATA 2 tem um limite máximo de velocidade de transferência de dados de 3 Gb/s (Gigabit por segundo). Esta versão do SATA aprimorou ainda mais os recursos da versão SATA 1, permitindo maior velocidade e melhor desempenho. Além da velocidade de transferência de dados aprimorada, o SATA 2 também introduziu a tecnologia NCQ (Native Command Queuing), que permite que o disco rígido seja acessado de forma mais eficiente. Além disso, o SATA 2 também introduziu o Hot Plug, que permite aos usuários conectar e desconectar discos rígidos enquanto o computador está ligado.

SATA 3

SATA 3 é a terceira versão do padrão SATA, lançada em 2009. O SATA 3 tem um limite máximo de velocidade de transferência de dados de 6 Gb/s (Gigabit por segundo). Esta versão do SATA aprimorou ainda mais os recursos da versão SATA 2, permitindo que os usuários transfiram dados mais rapidamente entre o disco rígido e a placa-mãe. Além da velocidade, o SATA 3 também introduziu a nova tecnologia 6 Gb/s Ready, que permite aos usuários aproveitar toda a velocidade oferecida pelo SATA 3.

Além disso, o SATA 3 também introduziu o Hot Plug, que permite aos usuários conectar e desconectar discos rígidos enquanto o computador está ligado.

O SATA é um padrão de conexão usado para conectar discos rígidos e outros dispositivos de armazenamento à placa-mãe de um computador. Existem três versões principais do SATA, cada uma com seu próprio conjunto de recursos: SATA 1, SATA 2 e SATA 3. SATA 1 tem um limite máximo de velocidade de transferência de dados de 1,5 Gb/s, SATA 2 tem um limite máximo de velocidade de transferência de dados de 3 Gb/s e SATA 3 tem um limite máximo de velocidade de transferência de dados de 6 Gb/s. Cada versão do SATA aprimorou os recursos da versão anterior, permitindo maior velocidade e melhor desempenho.

Anderson Brito

By Anderson Brito

Engenheiro de Software com Mestrado que atua na área de TI a quase três décadas. Entusiasta de hardware e conceitos relacionados a IA, Internet das Coisas e Arquitetura de software.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *